Totalmente fora de moda

O uso de peles de animais dentro da moda, pode ser visto como objeto de luxo para algumas pessoas. Para pessoas que não sabem absolutamente nada sobre como é feito e retirado a pele desses animais.

O ato de crueldade é tão absurdo que hoje, ao ver algumas fotos dos desfiles internacionais que rolaram em NY, Londres, e agora em Milão, fiquei com um ponto de interrogação gigante na cabeça. Como ainda conseguem  fazer coleções com o uso da pele animal?

Aqui no Brasil o negócio é diferente, depois da vergonha que a Arezzo passou ao divulgar a coleção "Pelemania" com sapatos e bolsas com pele de raposa, coelho e ovelha que não durou nada nas vitrines, pois foram obrigados a retirar, em agosto deste ano foi aprovada a lei de Weliton Prado, onde justifica este ato como crime e reclusão de um a três anos e multa.

O uso de peles é uma crueldade sem limites. Os animais vivem em gaiolas, são mortos eletrocutados, asfixiados, envenenados ou estrangulados.  


Para fazer um casaco de peles de comprimento médio matam-se:

125 arminhos
100 chinchilas
  70 martas-zibelinas
  50 martas canadianas
  30 ratos almiscarados
  30 sariguéias
  30 coelhos
  27 guaxinins
  17 texugos
  14 lontras
  11 raposas douradas
  11 linces
  09 castores
E tudo isso pra que? Por vaidade, status, poder? Ou pura burrice?
Não vamos apoiar essa prática terrível.

Tenha um consumo mais consciente e diga não aos produtos e coleções feitos com peles de animais.Assim faremos com que as marcas não invistam nessa direção.
Para saber mais sobre o assunto CLIQUE AQUI!

INVERNO 2012 - (vergonha!)


foto: montagem dropped

2 comentários:

  1. Idiotice pura.Andar com um cemitério em cima do corpo !

    ResponderExcluir